Pesquisas sobre diversidade e potencialidades


Ensino

Disciplinas, palestras, mini-cursos sobre a temática da Educação Especial e Inclusão.

Pesquisa

Projetos de pesquisa que abarcam o tema da Educação Especial e Inclusiva, reunindo alunos da graduação, mestrado e doutorado.

Extensão

Atividades de extensão aplicadas à educação infantil, ensino fundamental e ensino superior.


About Us Image

O que é o LaPPEEI?

O Laboratório de Políticas e Práticas em Educação Especial e Inclusão (LaPPEEI) foi criado em
2018 na Faculdade de Educação da UFMG, com o apoio da Pró-Reitoria de Graduação, com a
finalidade de promover pesquisas sobre políticas e práticas no campo da Educação Especial
e Inclusão. O Laboratório reúne docentes e alunos de graduação e da pós-
graduação (mestrado e doutorado) inseridos na Faculdade de Educação da UFMG. O LaPPEEI
tem como principais finalidades: incentivar a realização de pesquisas que contemplem práticas,
políticas e a história da educação especial e da inclusão; contribuir para a formação de novos pesquisadores no campo da educação especial nos níveis de graduação, através da iniciação científica, e da pós-graduação (mestrado e doutorado); realizar projetos de extensão que contemplem o campo da educação especial.


Imagem Piramide

Linha do Tempo


Linha do Tempo das Leis sobre Educação Especial: A linha do tempo das leis sobre educação especial foi construída no âmbito de um projeto de pesquisa que propôs uma divisão
esquemática para a história da educação especial no Brasil. As fases propostas (das classes especiais, das escolas especiais e da educação inclusiva) ajudam a compreender quais posições eram defendidas em cada momento. As leis de cada período, agrupadas numa escala linear,
tem o objetivo de auxiliar pesquisadores do campo da educação especial e outros interessados, a localizarem os documentos e acessarem os mesmos.


Principais Projetos

O objetivo geral do projeto é mapear no Brasil, instituições, pessoas e práticas que contribuíram para o estabelecimento do campo da educação especial, através da política, do ativismo, do trabalho na educação e na constituição de práticas inovadoras.

Leia mais…

Fazer uma análise de caso pensando na atuação de Helena Antipoff, na construção de uma rede de relacionamentos com organizações e agentes do poder público e privado, para a obtenção de recursos para as atividades pedagógicas realizadas na Fazenda do Rosário e na Sociedade Pestalozzi;
Pesquisar sobre a correspondência entre Helena Antipoff e Anísio Teixeira e construir uma linha do tempo das leis da educação especial;

Leia mais…

Diante do ingresso das crianças com deficiências nas escolas regulares, a acessibilidade curricular torna-se um ponto de entrave. A garantia de aprendizagem de sujeitos tão diversos, com características físicas, sensoriais, intelectuais e/ou comportamentais específicas, é um desafio.

Leia mais…